A Telefônica vai lançar em fevereiro de 2018, durante o Mobile World Congress (MWC), em Barcelona, o Aura, a sua plataforma de inteligência artificial. Em entrevista à CDTV, durante o 31º Seminário Internacional ABDTIC, Cláudio Alberto Ikeda, diretor da quarta plataforma da Telefônica, explicou como a operadora espanhola está apostando em big data, tendo, inclusive, times voltados para buscar soluções oriundas da análise de dados.

Anunciada no MWC deste ano, a Aura vai além vda "assistente pessoal" Aura (no modelo dos/as assistentes pessoais como Siri (Apple), Cortana (Microsoft), Alexa (Amazon) e Google Assistant e define um novo ambiente de negócios. Segundo a operadora, o uso de IA é impedir que a rede seja denominada de 'burra'.

"O lançamento da Aura vai ser a inauguração da quarta plataforma, que é o novo negócio da Telefonica, que é trazer a experiência end-to-end de uso de dados, numa experiência cognitiva, de inteligência artificial, de forma a trazer novas formas de marketing e interação para com os usuários. Nada, depois da quarta plataforma, será feito da mesma maneira", disse à CDTV.

Na entrevista, Ikeda explica como a telco está trabalhando o big data e também aborda questões acerca da privacidade e da proteção de dados. 

FONTE: Convergência Digital